EFELisboa

"O Mundo Não Tem de Ser Assim" é o título da primeira biografia sobre a carreira do português António Guterres, atual secretário-geral das Nações Unidas (ONU), à venda a partir desta terça-feira em Portugal.

O obra, da autoria de Pedro Latoeiro e Filipe Domingues, vê a luz depois de cinco anos de trabalho dos seus autores, que entrevistaram Guterres em quatro ocasiões.

O seu conhecimento da história universal, a sua humildade e a sua nula vanidade foram as qualidades que mais chamaram a atenção dos autores desta biografia autorizada.

"Quando fala de história tem uma capacidade intelectual absolutamente fora do normal", explica Latoeiro à Efe.

Para elaborar este livro, com mais de 600 páginas, os seus autores entrevistaram colaboradores de Guterres, diplomatas e líderes internacionais, tais como o ex-presidente da Comissão Europeia Jean-Claude Juncker ou o ex-presidente francês François Hollande.

"Partilham uma visão sobre António Guterres: a sua capacidade intelectual e de trabalho. É uma admiração sincera e profunda", afirma Domingues.

Os autores consideram "possível e provável" a reeleição de Guterres para um novo mandato à frente das Nações Unidas, no qual terá grandes desafios como a pandemia ou a crise climática.

O socialista António Guterres tornou-se primeiro-ministro de Portugal em 1995; dez anos depois foi nomeado alto comissário das Nações Unidas para os Refugiados e em novembro de 2016 foi eleito secretário-geral da ONU.