EFELisboa

Os cerca de 1.300 passageiros de 38 nacionalidades do cruzeiro MSC Fantasia, atracado desde domingo em Lisboa, começam hoje a regressar a casa com a partida dos primeiros quatro voos para a Alemanha, Brasil e Reino Unido.

A operação, coordenada por várias entidades portuguesas e embaixadas estrangeiras, começou hoje às 8.30 GMT com a partida do primeiro voo para a Alemanha, com capacidade para 189 pessoas, informou o Ministério do Interior português em comunicado.

Outro voo para aquele país, com a mesma capacidade, deverá partir esta tarde, tal como um voo para o Brasil que pode transportar 453 pessoas e outro para o Reino Unido que pode levar até 309.

Todos estes cidadãos, recordou o ministério, "serão acompanhados até ao aeroporto de Lisboa" pelas autoridades portuguesas, que na segunda-feira desembarcaram 20 cidadãos nacionais e sete pessoas com autorização de residência em Portugal.

São os únicos casos em que os passageiros de cruzeiros estão autorizados a desembarcar dentro do estado de emergência no país decretado devido ao coronavírus.

Os portugueses no barco foram testados para o vírus e "levados para suas casas, onde irão permanecer em isolamento profilático", acrescenta o texto.

Os 1.300 passageiros estrangeiros que começam a partir chegaram do Brasil e são na sua maioria de países da União Europeia, Reino Unido, Brasil e Austrália.