EFELisboa

O Governo de Portugal vai prolongar o estado de contingência e as restrições em vigor devido à pandemia de coronavírus até ao próximo 14 de outubro devido ao aumento de contágios no último mês e meio, com quase 700 positivos esta quinta-feira.

Segundo anunciou hoje a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, o Conselho de Ministros decidiu prolongar agora esta medida, que foi implementada a 15 de setembro para todo o território continental do país.

Isto significa restrições horárias para estabelecimentos comerciais, que não podem abrir antes das 10 da manhã e devem fechar entre as 20h e as 23h, conforme ordene cada autarquia.

Além disso, as reuniões estão limitadas a um máximo de dez pessoas, embora em centros comerciais e cafés a 300 metros das escolas só possa haver quatro pessoas por mesa.

A Direção Geral da Saúde (DGS) recomendou na passada segunda-feira a utilização de máscaras ao ar livre em locais muito concorridos e onde não seja possível manter distância física.

A máscara só é obrigatória em Portugal em espaços fechados como estabelecimentos comerciais, transportes e escolas.

De acordo com os dados fornecidos hoje pela DGS, foram registados 691 casos positivos em Portugal nas últimas 24 horas, elevando o número de pessoas infetadas desde o início da pandemia para 71.156.

Além disso, foram contabilizadas mais três mortes, pelo que o total de óbitos se encontra em 1.931.