EFELisboa

O primeiro-ministro de Portugal, o socialista António Costa, valorizou hoje a atribução da pasta de Coesão e Reformas a Elisa Ferreira já que, ressaltou, as suas competências têm impacto "no dia a dia dos portugueses".

"Temos boas razões para estar satisfeitos com esta pasta", afirmou Costa à imprensa, destacando que Coesão e Reformas "vai permitir a Elisa Ferreira e a Portugal trabalhar em áreas estratégicas para o país".

Concretamente, o primeiro-ministro salientou que as suas competências incluem a gestão "de dois fundos importantes, o FEDER e o fundo de coesão", cuja aplicação tem influência na vida diária de muitos portugueses.

Ferreira, de 63 anos, ministra durante os Governos do socialista António Guterres, foi anunciada esta terça-feira como comissária de Coesão e Reformas dentro da nova equipa da próxima Comissão Europeia, presidida por Ursula von der Leyen.

Os cargos dos comissários europeus deverão ser confirmados pelo Parlamento Europeu no final de outubro.