EFELisboa

Portugal e Espanha estão a preparar a próxima cimeira ibérica para finais de setembro ou princípios de outubro na cidade portuguesa da Guarda, um evento que estará centrado no desenvolvimento dos territórios transfronteiriços.

A data aproximada foi antecipada hoje pelo primeiro-ministro português, António Costa, durante uma conferência de imprensa com o presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, em Lisboa, onde ambos líderes se reuniram para discutir a próxima cimeira europeia sobre o fundo de recuperação.

A crise da COVID-19, defendeu Costa, acentuou ainda mais a necessidade de Espanha e Portugal lançarem uma estratégia conjunta para o desenvolvimento dos seus territórios transfronteiriços.

"Se já era uma emergência, hoje é uma prioridade fundamental responder à crise", disse o português, que recordou que a fronteira luso-espanhola é a única em toda a União Europeia que "não é um lugar de desenvolvimento" e que sofre de problemas de despovoamento e empobrecimento.

A última cimeira ibérica entre Portugal e Espanha realizou-se em novembro de 2018 na cidade espanhola de Valladolid, onde ambos os países concordaram em conceber um plano conjunto para impulsionar o crescimento nestas regiões.

Os países acordaram então que a próxima reunião bilateral se realizaria em 2019 na cidade portuguesa da Guarda, localizada na fronteira ao lado da província espanhola de Salamanca, mas foi adiada por diferentes motivos.