EFELisboa

Portugal colocou esta quarta-feira duas emissões de dívida a três e onze meses por um total de 1.250 milhões de euros a juros negativos mais baixos que no anterior leilão do passado mês de outubro, segundo informou a Agência de Gestão da Tesouraria e Dívida Pública de Portugal (IGCP).

Portugal colocou no leilão a onze meses 950 milhões de euros a juros de -0,484%, com uma procura de 1.398 milhões de euros, 1,47 vezes superior ao valor colocado.

A emissão a três meses, de 300 milhões com juros de -0,500%, teve uma procura de 1.048 milhões, 3,49 vezes mais que o montante apresentado.

No último leilão comparável ao de hoje, que teve lugar no passado 16 de outubro, Portugal colocou 900 milhões de euros a 11 meses com juros de -0,450% e 350 milhões a três meses com juros de -0,475%.