EFELisboa

A Direção Geral da Saúde (DGS) de Portugal vai recomendar o uso de máscara ao ar livre em lugares muito concorridos e onde não seja possível manter a distância física.

A diretora geral da Saúde, Graça Freitas, explicou esta segunda-feira em conferência de imprensa que irão publicar em breve uma nova recomendação sobre o uso de máscara no país, que é apenas obrigatório em espaços fechados.

"Depois de ter consultado com especialistas nacionais e internacionais, vamos publicar uma orientação para que quando as pessoas, no exterior, não possam garantir a distância física recomendada, utilizem máscara", assinalou.

Freitas negou que se trate de uma "mudança de opinião" a respeito das normas anteriores -em Portugal nunca se recomendou usar máscara ao ar livre- e defendeu que mantêm "uma postura que evolui em função da avaliação do risco".

"Se estão no exterior, mas distanciadas de outras pessoas, não faremos essa recomendação, embora as pessoas sejam livres de a usar em todos os momentos caso se sintam melhor", acrescentou.

A máscara só é obrigatória em Portugal em espaços fechados como estabelecimentos comerciais, transportes e escolas.