EFELisboa

O português e o galego vão-se unir na obra teatral bilingue "Espécies Lázaro", que começa esta terça-feira, 15 de junho, na Maia.

O texto é original da atriz e dramaturga galega Vanesa Sotelo e vai-se estrear no auditório Quinta de Caverneira da Art'Imagem, teatro que colabora desde 1983 com o festival espanhol "Teatro Galego" (Ourense, Espanha).

"Espécies Lázaro" conta a história de dois trios de personagens, mulheres e homens, em épocas distintas, que terão de enfrentar uma árdua situação psicológica: elas ficam fechadas num galeão perdido no mar das Filipinas, enquanto eles encontram-se encerrados num barco de investigação oceanográfica dos fundos do mar da Galiza.

Segundo a produção da obra, esta "é uma curiosa metáfora da atualidade" devido aos paralelismos entre o encerro naval dos protagonistas e o causado pelo coronavírus sofrido pelo futuro público.

Para além de abordar o presente, a peça alerta também para "o futuro do planeta para encontrar caminhos e fazer frente à perigosa deriva climática".

O obra teatral, cuja estreia estava prevista para o passado dia 13 de abril, estará protagonizada por atores como o português Pedro Carvalho ou o espanhol Davide González.