EFELisboa

O Orçamento do Estado de 2020 de Portugal, o primeiro do socialista António Costa sem o apoio garantido da esquerda, passou hoje a primeira votação no Parlamento, onde vai continuar a sua tramitação durante o próximo mês.

As contas do novo Governo, surgido nas eleições legislativas do passado dia 6 de outubro, superaram a votação na generalidade, trámite prévio ao seu passo para as diferentes comissões, com o voto a favor dos socialistas e a abstenção do resto da esquerda.

A tramitação continua agora nas comissões parlamentares, onde podem ser realizadas modificações ao texto antes de ser submetido à votação definitiva no plenário, marcada para 6 de fevereiro.