EFELisboa

As homenagens ao ex-presidente português Jorge Sampaio, falecido aos 81 anos, começaram hoje em Lisboa, no primeiro dos três dias de luto nacional, honor, com um velório aberto ao público.

As cerimónias fúnebres começaram a partir das 10h00 (9h00 GMT), com um cortejo fúnebre pela cidade de Lisboa, perante o olhar de alguns portugueses que saíram às ruas para despedir quem foi presidente do país entre 1996 e 2006.

O cortejo fúnebre fez uma primeira paragemna Câmara Municipal de Lisboa, de que foi autarca entre 1990 e 1995, onde várias dezenas de cidadãos se reuniram e com duas grandes imagens com a mensagem "obrigado, Jorge Sampaio".

Na Câmara foi feita uma pequena homenagem pelo atual presidente, Fernando Medina, e o resto dos autarcas, e foram entregues as insignias honoríficas recebidas em vida pelo ex-chefe de Estado, com longos aplausos dos presentes.

O cortejo fúnebre posteriormente foi transferido para o antigo Museu dos Coches, localizado junto ao palácio presidencial em Belém, onde decorre o velório aberto ao público.