EFELisboa

O Santuário de Fátima bloqueou neste domingo a entrada de visitantes após ter chegado à ocupação máxima permitida, que é de um terço da capacidade, algo inédito desde o início da pandemia da COVID-19.

O local celebrava este domingo a quinta peregrinação anual pelas aparições da Virgem pelos chamados "três pastorinhos" em 1917.

"Quando a ocupação chega a um terço, é preciso fechar as portas, e foi o que fizemos, com toda a tranquilidade", minimizou a porta-voz do Santuário, Carmo Rodeia.

Essa foi a primeira vez que o local de peregrinação precisou de limitar a entrada de fiéis desde que foi reaberto, no fim de maio. O número de público que estava no interior do templo, no entanto, não foi divulgado.

No interior do Santuário, segundo imagens aéreas feitas por televisões portuguesas, estavam milhares de pessoas, muitas sem respeitar o distanciamento social obrigatório.