EFELisboa

O Partido Socialista (PS) continua a liderar as sondagens três semanas antes das eleições autárquicas, apesar de registar uma queda de meio ponto nas intenções de voto com respeito ao inquérito anterior.

O inquérito mensal Eurosondagem, publicado hoje pelo Expresso, recolhe que os socialistas obteriam o 40,3% dos votos frente ao 28,7% do líder da oposição, o PSD, que melhorou seis décimas com respeito à última sondagem.

Apesar da pequena descida, os socialistas mantêm uma vantagem de 11,6 pontos percentuais com respeito ao seu principal rival.

Quanto ao resto dos partidos, o Bloco de Esquerda mantém-se como terceira força política com 8,4% dos votos, seguido da CDU (7,3%).

O CDS, com quem o PSD governou na passada legislatura, obteria o 6,8% dos sufrágios.

A popularidade do primeiro ministro, António Costa, viu-se afetada negativamente e piorou oito décimas, até 32,8 pontos, mas mantém-se muito acima do líder da oposição, Pedro Passos Coelho, que obteve 8 pontos.

Em sentido oposto, o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, aumentou duas décimas e situou-se em 61,7 pontos, com o que se mantém como o líder politico mais popular do país.