EFEBerlim/Los Angeles

Após uma série mítica de televisão e duas adaptações ao cinema que protagonizaram Cameron Díaz, Drew Barrymore e Lucy Liu, "Charlie's Angels" volta a decolar graças a uma nova filme de ação e comédia que conta com a direção de Elizabeth Banks e com Kristen Stewart como estrela.

Acompanhada por Naomi Scott e Ela Balinska, Stewart lidera este trio letal de novos "Angels" neste filme que não se apresenta como uma nova adaptação da série que lançou mundialmente a Farrah Fawcett, Kate Jackson e Jaclyn Smith, mas sim como a sua continuação.

A equipa passou pela Alemanha, onde se rodaram cenas tanto na zona portuária de Hamburgo como nos históricos estúdios Babelsberg de Berlim, ligados para sempre à diva Marlene Dietrich.

"Pode ser muito, mas que muito direta (...) porque como é atriz carece dessa atitude implícita, cuidadosa, de não saber como dar vida a isto", disse Stewart sobre Banks numa visita de imprensa durante a rodagem berlinense.

"É como dizer: sim, sim sei exatamente como é isto", insistiu a atriz, famosa no mundo todo desde a saga "Twilight", ao explicar como foi trabalhar com Banks.

Nesta continuação da saga a Agência Townsed, que estava baseada em Los Angeles, se expande a todo o mundo.

E a personagem de "Bosley", que serve de enlace entre os "Angels" e o seu invisível chefe, "Charlie" Townsend, se declina em vários intérpretes, entre eles a própria diretora do filme.

"Era muito importante para mim que as jovens contudo tipo de circunstâncias vitais sentissem que este filme é para elas, que as vemos, que nos importam e que lhe importam também ao negócio do cinema", declarou Banks em Los Angeles a vários meios, entre eles Efe.

À espera da estreia, prevista para novembro próximo, o trailer da filme adiantou esta semana parte do single que preparou outro estelar trio de mulheres: Ariana Grande, Miley Cyrus e Lana del Rey.