EFEMaicao (Colômbia)

A atriz Angelina Jolie, enviada especial de Acnur, destacou este sábado desde uma zona colombiana fronteiriça com a Venezuela a resposta humanitária da Colômbia para ajudar aos venezuelanos que fogem do seu país.

Em entrevista coletiva efetuada num refúgio de Maicao, cidade do departamento da Camponesa, a atriz americana chamou à comunidade internacional a atender esse problema, que se agrava cada vez mais.

"Vim a expressar o meu apoio ao povo colombiano que está respondendo à crise da Venezuela de uma forma admirável", explicou Jolie na sua primeira visita à Colômbia.

Em Maicao vivem 350 venezuelanos que deixaram o seu país, imerso em uma crise social, econômica e política.

O número de pessoas que saíram da Venezuela pela crise superou a barreira dos quatro milhões, segundo anunciaram na sexta-feira em Genebra de forma conjunta a Organização Internacional para as Migrações (OIM) e o Alto Comissário das As Nações Unidas para os Refugiados (Acnur).

Mais de 1,3 milhões deles estão na Colômbia, cujo Governo lhes brinda educação e atenção em saúde, e lhes oferece programas que buscam inseri-los em trabalhos produtivos.