EFEWashington

Uma equipa internacional anunciou hoje que conseguiu observar através da sua luz e as suas ondas gravitacionais, de maneira simultânea, a fusão de duas estrelas de neutrões, o que abre "o início de uma nova era" na observação do Universo.

Estas observações, realizadas no passado 17 de agosto, "sugerem" que os sinais localizados são o resultado da fusão de duas estrelas de neutrões, um evento chamado kilonovas, cuja existência foi descrita há 30 anos, mas que teve agora a primeira observação confirmada.